novidades

Movimento no varejo cresceu 5,4% no semestre

O movimento no comércio varejista do país registrou elevação de 5,4% no primeiro semestre de 2014 na comparação com o mesmo período do ano passado, informou a Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), nesta semana.

O resultado de junho em relação a maio registrou recuo de 0,1% e, sobre junho de 2013, houve retração de 0,2%. A alta acumulada em 12 meses passou de 3,9% em maio para 3,8% em junho. De acordo com os economistas da instituição, a expectativa é de que o crescimento do varejo neste ano fique próximo ao do ano passado, que foi de 4,4%.

Entre os setores avaliados o destaque em junho foi o de Móveis e Eletrodomésticos, que registrou alta de 4,2% na margem, na série sem ajuste sazonal. No acumulado em 12 meses houve expansão de 5,9% no segmento, enquanto na comparação com junho de 2013 a variação foi negativa em 6,3%.

O setor de Supermercados, Alimentos e Bebidas caiu 1,2% em junho, na série dessazonalizada. No acumulado em 12 meses houve alta de 2,3% e, em relação ao mesmo mês de 2013, o acréscimo foi de 2,7%. Já o setor de Combustíveis e Lubrificantes registrou queda de 1,6% na variação mensal dos dados com ajuste sazonal e o segmento de Tecidos, Vestuários e Calçados apresentou redução de 1,0% na margem.

Desempenho
Alguns segmentos devem chamar mais a atenção no varejo no segundo semestre, entre eles o varejo alimentício e o de farmácias e drogarias. As categorias de bebidas - alcoólicas e não alcoólicas - e de insumos para churrasco chegaram a crescer 300% (as vendas) em dias do jogo da seleção brasileira durante os meses de junho e julho, na Copa do Mundo. Mesmo com a perspectiva do bom desempenho nos dois meses mencionados, a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) disse que não mudará, neste momento, a projeção de crescimento.

Levantamento da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), que reúne os 29 principais players do país, apontou que as empresas tiveram faturamento 13,69% superior na comparação a igual período de 2013. Juntas, elas movimentaram R$ 15,37 bilhões. Mais uma vez o nicho de não medicamentos - dermocosméticos, produtos de higiene e afins -, foi o responsável por 32,69% da comercialização.

Fonte: Revista Exame e DCI

ver todos

MATRIZ Avenida Natal, 6600 - Rodovia Br 101 - Taborda | São José de Mipibú/RN CEP 59.162-000 | Caixa Postal: 50
FILIAL Rod. BR 101, S/N | Galpão E | KM 08 | Distrito Industrial | Conde/PB | CEP 58322-000